Encontro Gastrô

“A vida toda é uma disputa entre gosto e degustação” Nietzsche

nietzsche

O Encontro

Já há 11 anos em Belo Horizonte e estreando em Brasília ainda neste ano, acaba de acontecer  um dos  maiores concurso do métier gastronômico do Brasil, o Encontro Gastrô. A Revista  Encontro, hoje junto com o Portal Uai e Diários Associados, premiam 39 categorias. É o único evento do gênero que tem a participação direta de mais de 200.000 internautas que votaram em seus garçons, bares e restaurantes prediletos, junto com o júri técnico, composto de 45 formadores de opinião. A lista dos ganhadores de 2013 traz locais e profissionais consagrados e boas novidades. O grande vencedor foi o tradicionalíssimo Taste Vin, em 5 categorias: Melhor Francês, Melhor Carta de Vinhos, Melhor Chef, Melhor Sommelier e finalmente Melhor Restaurante de Belo Horizonte. Confira o resultado algumas categorias em BH:

O Taste Vin, de Rodrigo Fonseca foi o vencedor em 5 categorias

Restaurantes – Boa Mesa

    Bufê de Self-Service: Restaurante do Inhotim (Oiticica)

    Churrascaria: Fogo de Chão

    Cozinha Light/Salada: Néctar da Serra

    Pizzaria: Marília Pizzeria

    Restaurante de Hotel: Amadeus (Royal Savassi)

    Restaurante Tradicional: Cantina do Lucas

Restaurantes – Sabores Regionais

    Cantina/Trattoria: Provincia di Salerno

    Cozinha do Mundo: Bangkok Royal Thai Cuisine

    Japonês: Udon

    Cozinha Mineira: Xapuri

    Cozinha Portuguesa: Restaurante do Porto

Restaurantes – Alta Gastronomia

    Bistrô: Ah!Bon

    Carne/Parrilla: La Victoria

    Carta de Vinhos: Taste-Vin

    Cozinha Contemporânea: A Favorita

    Francês: Taste-Vin

    Italiano: Vecchio Sogno

    Peixes/Frutos do Mar: Alguidares

Melhor Restaurante de BH: Taste-Vin

Restaurante Revelação 2013: Glouton

Melhores Profissionais

    Melhor Barman: Felipe Costan (Na Mata Café)

    Melhor Chef: Rodrigo Fonseca (Taste-Vin)

    Chef Revelação: Leonardo Paixão (Glouton)

    Melhor Maître: Robson Freitas (A Favorita)

    Melhor Sommelier: Denis Marconi (Taste-Vin)

O Mercado

Em Julho e Agosto, massas polares intensas fizeram nevar em dezenas de cidades brasileiras. Inverno e um brinde, sempre harmonizaram bem, mas enquanto a temperatura cai, o dólar sobe, e muito… Os reflexos disso na venda de vinhos e destilados importados, se faz sentir. Inclusive nas gôndolas, onde o preço em constante alta afasta consumidores, mesmo naquela que seria a estação mais propícia ao aumento deste tipo de consumo. Se a expectativa neste ano era reverter o quadro de 2012, em que houve queda média de 4% no consumo de vinhos finos no Brasil, agora já há dúvidas quanto ao atingimento das metas de varejo no primeiro semestre. Exceção feita ao espumante, que vem ganhando adeptos a cada dia e cresceu cerca de 12% de 2011 para 2012. Mas no quadro geral, o Brasil continua sendo um mercado com enorme potencial, inclusive nas vendas digitais. A wine.com.br, brasileira fundada em 2008 e hoje a maior loja virtual de vinhos do continente, tem projeções ambiciosas de dobrar o faturamento de 60 milhões em 2012. Quem viver o vinho, verá.

Coluna 105

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s