Os Estilos

Brancos

Feito com as castas Malvasia fina, Gouveio, Viosinho, , Codega, Donzelinho e Rabigato. Se classificam de acordo com a doçura, aqui em ordem descrecente: Lágrima, Doces, Meio Secos, Secos e os Extra Secos.

Tintos

Uvas: Touriga Francesa e Nacional, Souzão, Tinta amarela, Tinta Barroca, Tinta Roriz e Tinta Cão. De acordo com a safra e o envelhecimento, se dividem em:

 RUBY: o mais simples e barato, é obtido pela mescla de várias safras e estagia em tonéis de 20 mil litros. Deve ser bebido jovem, pois não evolui na garrafa. O nome vem da cor rubi vibrante, com aromas de compotas de frutas vermelhas, corpo denso e sabor também frutado. VINTAGE CARACTER: Um Ruby elaborado com lotes superiores de safras um pouco mais antigas, resultando num vinho mais complexo que o anterior.

LBV (Late Bottled Vintage): De uma única safra, indicada no rótulo, permanece até 6 anos em madeira, antes do engarrafamento. Tem mais taninos e qualidades aromáticas e está a meio caminho entre o Ruby e o Tawny.

CRUSTED: Estagia por 3 anos em pequenas barricas de madeira, formando borras ou crostas, devendo (ou não, de acordo com o gosto pessoal), ser decantados

Apesar de muita gente pensar o contrário, após abertos, estes vinhos devem ser conservados em baixa refrigeração (12 a 16oC )e bebido em até 15 dias

VINTAGE: Feito de 1 só lote (às vezes de uma só quinta) só nas safras exepcionais, e com a autorização do IVP – Instituto do Vinho do Porto.  Descansam 2  anos em madeira e uns 3 na garrafa, longe do ar e da luz. Pode ser bebido logo após, quando é estruturado, com taninos ainda presentes e cor retinta, ou após uma década ou mais de adega, quando adquire muita complexidade.  Depois de aberto, beber até 2 dias.

Oxidados ou “Aloirados” (pelo longo envelhecimento em toneis menores de madeira, foi trocando gradativamente os tons vermelho por ambar

TAWNY: o mais simples dentre  os “loiros”, da mesma forma que o Ruby.

Depois de aberto: beber em até 4 semanas.

TAWNY COM IDADE NO RÓTULO: Mistura de lotes com idade média entre 10, 20, 30 e 40 anos.. O longo amadurecimento resulta em  aromas fantásticos e persistentes de frutas secas. Depois de aberto: beber entre 1 a 4 meses (quanto mais antigo mais tempo mantém suas características).

COLHEITA: de uma safra só, indicada no rótulo. Passa por tonéis de madeira de 525 litros por, no mínimo, 7 anos.  Remete a aroma de amêndoas e especiarias. Não evoluem na garrafa. Na boca é delicadamente instigante, e pode ser guardado por muitos e muitos anos. Se encontrar uma garrafa com a data de seu nascimento, pode se deliciar, será uma experiência única. Após aberto, também dura mais, de 1 a 4 meses  (quanto mais antigo mais tempo mantém suas características)

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s