3) Comida condimentada

Comida baiana, indiana, japonesa, chinesa…a princípio difíceis de combinar com vinhos. Ledo engano. Os brancos e roses serão geralmente a melhor pedida. Principalmente aqueles secos e aromáticos, “suculentos”, mas nem tão encorpados, sem muita madeira (digamos no máximo 4 meses de carvalho). Assim eles terão personalidade suficiente para não serem sufocados pelos intensos aromas e sabores picantes destas comidas. Servidos entre 6 e 8 graus, terão a temperatura ideal para manter seu perfil e refrescar o palato aquecido pelos condimentos. Se o vinho for frisante ou espumante, as bolhas de gás carbônico irão, além de refrescar, “lavar” a boca. Os pratos à base de carne vermelha, podem e devem ser servidos com tintos, mais uma vez leves e jovens. Mesmo assim, sem excesso de temperos, principalmente alguns conhecidos “inimigos”:

  • O Curry, que costuma “matar” a fruta, principalmente nos tintos, deixando-os muito tânicos.
  • Molho Shoyo, que por ser bem salgado, torna os tintos igualmente muito adstringentes e amargos.
  • Wasabi (raiz forte), ou malagueta. Aí, não tem língua que aguente, pois as papilas gustativas ficam mesmo anestesiadas e o sabor do vinho se perde quase que por completo. Só mesmo uma cerveja gelada e espumosa para dar conta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s