Literatura para beber

É o “Guia de Drinques dos Grandes Escritores Americanos”, de Edward Hemingway; Mark Bailey. 43 autores (muitos deles bons boêmios), 43 drinques clássicos. E uma sucessão de histórias de bar, festas glamorosas, farras pelas madrugadas… e trechos inebriantes de suas obras literárias. Afinal, como dizia um dos grandes escritores, Trumam Capote: “Esta profissão é uma longa caminhada entre um drinque e outro”. E ainda Bukowski, Dorothy Parker, Tennessee Williams, F. Scott e Zelda Fitzgerald aparecendo de pijama em festas ou Ernest Hemingway quebrando a bengala de John O’Hara contra a própria cabeça… Leia sem moderação. Ah… a Consultoria dos drinques é profissional, de Deise Novakoski, a primeira sommelière do Brasil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s