Feijoada do Cafofo da Surica:

Ingredientes

3 kg de feijão preto- 2 pés de porco (chispe)

2 kg de carne seca

2 kg de costelinha

6 Paio

2 kg de bucho

2 kg lingüiça grossa

2 kg lombo salgado

1 kg lingüiça fina

1 kg de carne fresca (peito)

8 folhas de louro

6 Cebolas

4 Cabeças de alho

10 Molhos de couve

4 Molhos de cheiro-verde

20 Laranjas

3 Kg farinha de mandioca

Orégano a gosto

Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de fazer

As carnes salgadas devem ficar de molho na água dois dias para tirar o excesso de sal. É bom trocar a água pelo menos seis vezes ou “deixar correndo na borracha a noite toda”,como diza amiga  Ivonete.

Um dia antes lave bem e fervente os pés de porco. Reserve.

Corte as carnes e lingüiças  em pedaços grandes e também fervente. Reserve..

O feijão deve ser cozido em caldeirões com muita água. Antes de colocá-lo na panela,doure em um pouco de óleo o alho socado e a cebola picada.

Acrescente o louro,um punhado de orégano,sal e pimenta do reino . Só então coloque o feijão para cozinhar por pelo menos uma hora, junto com o bucho. Vá colocando as carnes no caldeirão, nesta ordem: carne seca, pé de porco, costelinhas, paio, lingüiças e lombo. Se preciso, ponha mais água no feijão, acerte o sal e deixe as carnes cozinharem bem. Retire o excesso de gordura com a escumadeira.

Vá retirando as carnes à medida que estejam cozidas, para que não desmanchem e ponha em travessas. Siga a regra: o caldo deve ficar grosso, os grãos, macios. As carnes, bem cozidas, mas íntegras.

No dia da roda no Cafofo, é hora dos complementos. Em uma ou duas panelas grandes, refogue a couve cortada fininha com alho dourado, toucinho picadinho e sal. O mesmo procedimento deve ser feito com a farinha que vai virar farofa.

As carnes voltam aos caldeirões de feijão para esquentar. Quando surgem as primeiras bolhas da fervura, elas voltam as travessas e vão para a mesa.Os caldeirões ficam aquecidos em fogo brando.

Sirva as carnes em travessas separadas, o feijão nos caldeirões, as laranjas, a couve, o arroz branco e a farofa em potes. Deixe à pimenta malagueta a disposição para quem quiser se servir.

Dicas

“Eu não refogo feijão. As carnes que vão cozinhando junto com ele no caldeirão e que dão o sabor.”

“Para quem gosta de comer sobremesa depois da feijoada, eu sugiro doce de abobora e doce de banana.uma bacia de cada um.”

Tia Surica, eu e a produtora cultural de Mato Grosso Ester Manciolli

Tia Surica, eu e a produtora cultural de Mato Grosso Ester Manciolli

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s